A Regra de Ouro

A Regra de Ouro

Em algum momento do século 6 a.C., o discípulo Tzu-Kung perguntou ao
seu mestre: “Existe alguma palavra que possa servir de regra prática a
toda conduta de nossa vida?” O mestre Kung Fu Tsé (conhecido no
Ocidente como Confúcio) respondeu: “Essa palavra é reciprocidade.
Faça aos outros o que deseja que façam com você; e não faça a
ninguém o que não deseja que lhe seja feito”. O relato se encontra nos
Analectos – coleção de preceitos morais e filosóficos compostos pelos
seguidores de Confúcio entre os séculos 6 e 3 a.C. A resposta do mestre
à questão posta pelo discípulo é uma das formulações mais antigas da
chamada “regra de ouro” – ou ética da reciprocidade. Para Confúncio, o
respeito aos rituais da cortesia diária é uma das formas da benevolência
que caracteriza o homem verdadeiramente sábio.
Formulada há mais de 20 séculos, essa filosofia da polidez é atualíssima.


(Fonte: Revista Vida Simples – 11/2013)

Deixe um comentário!