Alvorecer

Alvorecer

Houve um magnífico nascer do sol esta manhã, mas eu estava ocupado demais para aproveitá-lo. Dei as costas e me preocupei com outras coisas. Alguns momentos atrás, pensei sobre esse alvorecer e percebi ter perdido uma oportunidade de adorar nesta manhã.

Em meio à correia e ao estresse dos nossos dias, há exemplos de beleza em toda a nossa volta, vislumbres da bondade divina que surgem aqui e ali ao longo do caminho. Estes são os lugares do universo onde o céu está se rompendo – basta querermos parar e refletir sobre o amor de Deus por nós.

E se Moisés só tivesse dado uma olhada fugaz na sarça que ardia, mas “… não se consumia”? (Êxodo 3:2). E se ele a tivesse ignorado e se apresentado em fazer outras coisas? (Ele tinha as ovelhas para cuidar, você sabe, e era um importante trabalho a fazer.). Ele teria perdido um encontro épico, transformador de vida, com o Deus vivo (Êxodo 3:4-12).

Na vida, às vezes temos de nos apressar. Mas, no geral, ela deve ser menos “apressar-se” e mais “perceber”. A vida é o presente. A vida é estar consciente; é ver o amor de Deus irromper. É ver o milagre de algo como o nascer do sol. Algo transitório, porém símbolo da eternidade que nos espera.

FONTE: David H. Roper