Aprendendo Com as Sequoias

...

Aprendendo Com as Sequoias

As sequoias americanas, na costa do Pacífico, são algumas das árvores mais altas no mundo. A mais alta já registrada é a Hiperion, que se eleva a 125 metros de altura.

Durante uma visita ao Parque Nacional Muir Woods da Califórnia, fiquei surpreso e maravilhado pela enormidade daquelas sequoias. As árvores eram tão altas quanto um prédio de 30 andares e pareciam me pressionar para dentro do chão da floresta, ao mesmo tempo em que elevavam os meus pensamentos.

A lembrança do que senti aos pés de algumas das árvores mais altas e mais velhas do mundo, me fez pensar por um bom tempo sobre suas origens. Aquelas sequoias, como a árvore genealógica de nossa própria humanidade, estão enraizadas num Criador que é infinito e eternamente maior do que a Sua criação.

O profeta Isaías vislumbrou este Deus. Numa visão que misturava as maravilhas de um reinado messiânico com a promessa de novo céu e nova terra descreve aquele que faz do céu o Seu trono e da terra o estrado dos Seus pés (Isaías 66:1).

Mas Isaías viu algo ainda mais deslumbrante, um grande Deus que deseja que Seu povo folgue e exulte perpetuamente no que Ele criou (Isaías 65:18).

Em obediência, curvemo-nos perante Ele em humilde adoração.


QUE BOM PENSAR QUE ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS CONTINUARÁ POR TODA A ETERNIDADE!

FONTE: Martin R. De Haan Pão Diário – Ministério RBC

Deixe um comentário!