Otimismo em rede.com

Motivação na internet

DESENGESSAR A MENTE

...

Comentários desativados em DESENGESSAR A MENTE


DESENGESSAR A MENTE

O homem Jesus era instigante, um especialista em romper o conformismo.

Ele não ensinava passivamente: provocava a sede psíquica, a busca pelos segredos da existência, o esfacelamento do autoritarismo religioso.

Cada parábola aguçava a curiosidade, colocava combustível na sede de desvendar de homens e mulheres, intelectuais e iletrados, puritanos e transgressores. Cada frase curta provocava o apetite intelectual. Seus discípulos eram rudes, toscos, incultos, impulsivos, desprovidos de generosidade e de afetividade. Mas diariamente Jesus os abalava.

Pedro, André, Tiago e João sabiam navegar no mar da Galileia, mas o homem Jesus queria que aprendessem a navegar no oceano das crises existenciais, das fobias, das ansiedades, das frustrações. E quem sabe navegar nos tempos atuais? Uns afundam no sentimento de culpa; outros, no endeusamento de si mesmos. Uns sucumbem na timidez; outros, na ousadia inconsequente.

Diariamente os discípulos se perguntavam: Quem sou eu? O que sou?

Quais são minhas escolhas e minhas intenções ocultas? Quem é esse homem que sigo? Que mistérios o cercam? Por que nos fala por parábolas? Por que nos escandaliza estreitando laços com pessoas socialmente rejeitadas, leprosos, prostitutas? Porque questiona os religiosos? Por que procura sempre se ocultar e não aceita elogios superficiais?


O melhor educador é o que gera fonte de perguntas em seus alunos, e não o que é uma fonte de respostas prontas. As respostas prontas produzem servos; o questionamento, pensadores.

Jesus deu poucas respostas, mas provocou inúmeras perguntas.

(Do livro “A Sabedoria Nossa de Cada Dia” – Augusto Cury)

Otimismo em seu email