Dê um descanso a si mesmo

...

Dê um descanso a si mesmo
Priorizar o que é mais importante para sua vida pode ser a solução quando há muito o Que fazer Certa paciente estressada veio me procurar.

Descreveu tudo que tinha de fazer Desde a hora em que acordava até sair para trabalhar.

Uma das tarefas era arrumar a cama. Sugeri que experimentasse não fazê-lo durante 02 semanas.

Ela. Horrorizada Provavelmente pensou que eu havia sido criada por lobos na floresta entretanto acatou a idéia.

Duas semanas depois, apareceu no consultório radiante. Deixara a cama desfeita pela primeira vez em 42 anos e nada acontecera.

“sabe também não enxugo a louça”, contou. Essa mulher fez duas grandes descobertas. Uma foi a de que tinha, na vida, opções que desconhecia. a outra, a de que não precisava ser perfeita . foi experiência inigualável. A história ilustra importante principio da administração do tempo: ninguém pode fazer tudo. Cada um de nós tem de fazer escolhas e aceitar negociar. O problema é que muitos põem a si e a saúde em último lugar. Cuidam melhor de suas casa e carros do que de si mesmo. Isso é bom se for ocasional e houver equilíbrio. A maior parte dos que vivem assim, porém desgasta-se, Perde o controle. Felizmente, a vida não precisa ser desse jeito. Há uma frase muito útil, titulo do livro de sol gordon e harold brecher:

“a vida é incerta… coma a sobremesa Primeiro!” Se o melhor fica sempre para o fim, em geral não acontece.


Trabalho antes de saúde e prazer logo vira trabalho em vez de saúde e prazer.

Veja como acontece: as pessoas vivem ocupadas e sem tempo; param de se exercitar ou começam a pular refeições; passam a dormir menos.

Logo ficam ocupadas demais para ver os amigos; deixam de ler ou de Jogar bola, levam seis meses sem dar uma longa caminhada.

Não é uma boa maneira de viver. Não se engane: máquinas de fax e telefone celulares não economizam tempo, apenas aceleram o já movimentado ritmo de vida. Tentar ser mais eficiente também não é a solução. È só uma forma de fazer mais em menos tempo – quando o que realmente devemos almejar é fazer menos e aproveitar mais. Então qual é a solução: numa palavra: priorizar. Decidir o que quer na vida e pôr em primeiro lugar. numa base diária, é preciso incluir refeições regulares, sono adequado e tempo com a família. Exercício, lazer, amizades e passatempos também devem ser aspectos regulares da vida.

A questão é fazer algo pôr si mesmo todos os dias. A escolha é sua: o que fizer você se sentir bem. Tire um cochilo. Dê uma caminhada.

Toque piano. claro , você terá que negociar alguns de seus compromissos para dar espaço as novas prioridades. Pare de trazer trabalho para casa, pare de manter a casa tão limpa quanto da sua mãe.

Resumindo: preencha a maior parte do tempo com tarefas agradáveis, e não com obrigações.

Ponha seu nome na lista das pessoas que você está tentando fazer felizes. Não “primeiro eu” ou “só eu”, Mas “eu também”. O objetivo é equilibrio.

A chave é flexibilidade. E a hora de começar é agora.