Updated : in Uncategorized

Janelas fechadas

Há, eu sei,
o santuário da família. Há
– não devo esquecer – o santo dos santos
onde cada um
tem encontro com Deus.

Mas ai da casa
que não se abre, não se dá!…

Ai, sobretudo,
das que nem iluminam à distância
porque transformam a luz em candeeiro privativo.

Do livro MIL RAZÕES PARA VIVER, de D. Hélder Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *