Na Tempestade

Na Tempestade

Uma tempestade se formava – não apenas no horizonte, mas na casa de uma amiga. “Quando estava em Hong Kong”, ela compartilhou, “o serviço meteorológico local anunciou que uma supertempestade se aproximava. Mas além da tempestade lá fora, outra se formava dentro de casa. Quando meu pai estava hospitalizado, os familiares tentavam equilibrar as responsabilidades em casa e trabalho com as viagens ao hospital. Todos estavam tão cansados que a paciência estava se esgotando e a situação em casa estava tensa”.

A vida pode parecer uma tempestade – nos atirando ao redor com ventos de infortúnio, luto ou estresse. Para onde nos voltar? Quando os discípulos foram pegos numa grande ventania, questionaram se Jesus realmente se importava com a situação. Eles sabiam para onde se voltar. Jesus demonstrou Seu poder acalmando a barulhenta tempestade (Marcos 4:38,39).


Com frequência, o Senhor não acalma a tempestade imediatamente. E, como os discípulos, podemos sentir que Ele não se importa. Para acalmar nossos medos, podemos nos apegar à fé em quem Deus é e no que Ele pode fazer. Podemos nos abrigar nele (Salmo 91:1), receber Sua ajuda para os relacionarmos com outros com misericórdia. Podemos descansar num Deus Todo-Poderoso, totalmente sábio e absolutamente amoroso. Ele está conosco durante a tempestade e nos envolve quando a enfrentamos.

FONTE:

Poh Fang Chia

Pão Diário – Ministério RBC

Deixe um comentário!