pessoas ganhadoras

pessoas ganhadoras
Quando a pessoa ganhadora comete um erro, diz: “Me equivoquei”, e aprende a lição.

Quando uma pessoa perdedora comete um erro, diz: “Não foi minha culpa”, e culpa os outros.

Uma pessoa ganhadora sabe que a adversidade é o melhor dos professores.

Uma pessoa perdedora se sente vítima ante a adversidade.

Uma pessoa ganhadora sabe que o resultado das coisas depende dele.

Uma pessoa perdedora crê que a má sorte existe.

Uma pessoa ganhadora trabalha muito forte e gera mais tempo para si mesmo.


Uma pessoa perdedora está sempre “muito ocupada” e não tem tempo nem para os seus.

Uma pessoa ganhadora enfrenta os problemas um a um.

Uma pessoa perdedora dá voltas e nem sequer se atreve a tentar.

Uma pessoa ganhadora se compromete, dá sua palavra e a cumpre.

Uma pessoa perdedora faz promessas, não assegura nada, e quando fala só se justifica.

Uma pessoa ganhadora diz:

“Sou bom, mas vou ser melhor”.

Uma pessoa perdedora diz:

“Não sou tão mal como muita gente”

Uma pessoa ganhadora escuta, compreende e responde.

Uma pessoa perdedora só espera até que chegue sua hora de falar.

Uma pessoa ganhadora respeita aqueles que sabem mais que ele e trata de aprender algo com eles.

Uma pessoa perdedora resiste aos que sabem mais que ele e só se fixa em seus defeitos.

Uma pessoa ganhadora se sente responsável por algo mais que somente seu trabalho.

Uma pessoa perdedora não se compromete e sempre diz:

“Faço o meu trabalho”

Uma pessoa ganhadora diz:

“Deve haver uma forma melhor de se fazer isto…”

Uma pessoa perdedora diz:

“Esta é a forma como sempre fizemos”

Uma pessoa ganhadora é parte da solução.

Uma pessoa perdedora é parte do problema.

Uma pessoa ganhadora se fixa em “como se vê a parede em sua totalidade”.

Uma pessoa perdedora se fixa “no ladrilho que cabe a ela colocar”.

Autor Desconhecido