[ O Maná do senhor ] [ Salmo 23.5 ]

 

Texto Bíblico: Salmo 23.5: "Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo o meu cálice transbordar".



Reflexão: As mais profundas dores e sofrimentos que iremos viver virão dos relacionamentos pessoais.



Embora sendo os relacionamentos que nos dão maior alegria e bênçãos, eles também são os que nos trazem as maiores amarguras.



Algumas vezes, intencionalmente; outras, acidentalmente; é onde encontramos a maior fonte de amargura de nossas vidas.



Os que estão mais perto causam as maiores dores.



Porém, temos uma maneira errada de lidar com a dor: ignorando. Ignorar torna o sofrimento silencioso, e nós fazemos de conta que não dói para ver se passa. "Não estou ressentido; isso não me afeta".



As pessoas nos ofendem e nós dizemos: está tudo bem! Minimizamos os fatos: "Não foi nada. Não doeu tanto assim".



Ignorar a mágoa nunca produz a sua cura. A dor que você sente não vai melhorar. Tem pessoas que dizem: "O passar do tempo cura todas as feridas"



– algumas vezes o passar do tempo piora a situação. Adiamos qualquer decisão a respeito. Quem sabe um dia eu resolvo esta história! Enquanto isso, seu coração está em brasa viva, partido, quebrado e sem poder amar.



Revelar nossos sentimentos é o início da nossa cura. Compartilhar a nossa dor é o início do processo de superação da dor.



Enquanto continuamos encobrindo a nossa dor, não conseguiremos melhorar. O trabalho de um pastor é providenciar pastagem e afugentar os animais inimigos. Aí ele traz o rebanho e concede um lugar seguro para alimentá-los.



Faz um reconhecimento do território e expulsa qualquer fonte de perigo. Com isso, Deus está nos dizendo: "Deixa que Eu cuido daqueles que te feriram".



Quando Deus diz que vai fazer o nosso cálice transbordar, significa que nossa vida importa para Ele, que somos especiais para Ele.



Se estivermos sofrendo por causa de alguém, Jesus está nos convidando para um banquete.



Ele está dizendo: "Eu vou preparar um banquete à vista dos seus inimigos; Eu ungirei sua cabeça com óleo e vou fazer seu cálice transbordar".



Os nossos inimigos verão que temos um pastor, pois Ele vai fazer o acerto de contas final, aliviar nossas feridas e satisfazer nossas maiores necessidades. Este é um banquete que não podemos perder.



Oração: Pai amado, quantas vezes temos ignorado nossas dores, minimizado seus efeitos e adiamos nossas decisões apenas pelo simples fato de evitarmos o sofrimento. Mas, ele continua em nossos corações. Deixa-nos sentar à Tua mesa e cear contigo; cuida de nossas feridas e restabelece nossa comunhão contigo para que o Teu amor cubra nossa dor e nos restaure a alegria. É o que oramos em nome de Jesus. Amém!



O Maná do Senhor - Por Fred Souto 



 





Envie esta mensagem por e-mail
Envie esta mensagem pelo Scrap do Orkut:
Clique aqui para selecionar todo o código

Copie usando as teclas Ctrl + C (editar+copiar)
Cole usando as teclas Ctrl + V (editar+colar)






Busca