Updated : in Uncategorized

Sintomas de Ansiedade, Sintomas de um Ataque de Ansiedade


Sintomas de Ansiedade, Sintomas de um Ataque de Ansiedade (Ataque de Pânico) Existem diversos sintomas de ansiedade. Como cada pessoa tem uma química única, o número, tipo, intensidade e frequência dos sintomas de ansiedade irão variar de pessoa para pessoa. Por exemplo, uma pessoa pode ter apenas um ligeiro sintoma de ansiedade, enquanto outra poderá ter sintomas de grave intensidade. Todas as combinações são possíveis.   Os sintomas mais comuns de ansiedade incluem:   • Aumento de alergias Aumento em número, sensibilidade, reacção. Poderá notar que as suas alergias pioraram, que é alérgico a mais substâncias, que as reacções alérgicas são mais frequentes, ou que demoram mais a passar.   • Dores de costas, Rigidez, inflamações, espasmos, imobilidade Dores de costas, rigidez, tensão, pressão, inflamações, espasmos, imobilidade nos músculos das costas. Um ou mais músculos podem ser afectados. Este sintoma pode durar pouco tempo ou durar indefinidamente. Estes sintomas são comuns aos sintomas de stress.   • Palidez, falta de cor, enrubescimento Poderá parecer doente ou ter a cara, pescoço e braços avermelhados, sentir calor e tremores.   • Tremores Poderá sentir tremores, tonturas, arrepios. Este sintoma pode afectar todo o corpo ou só uma parte do corpo e acontecer apenas uma vez, ou repetidamente.   • Mudança de temperatura de corpo – Descida ou subida abrupta A sua temperatura corporal poderá variar abaixo ou acima dos normais 37o.   • Sensação de ardor Poderá ter uma sensação de ardor como se tivesse uma queimadura solar. Esta sensação pode permanecer numa área do corpo, ou no corpo todo. Pode ser intermitente ou persistente. Esta sensação é normalmente provocada por situações de grande stress ou pensamentos aterrorizantes.   • Dores no peito Dor, pressão, pontadas, dormência. Estes sintomas podem localizar-se num determinado local ou espalhar-se por todo o peito. Podem ser esporádicos ou persistentes e são usualmente confundidos com sinais de ataque de coração.   • Fadiga crónica Poderá sentir-se extremamente exausto, sem energia. Poderá sentir-se cansado durante muito tempo ou após pequenas tarefas que habitualmente não o cansariam. Sente que poderia dormir o dia inteiro e mesmo assim acordar cansado.   • Necessidade de açúcar, doces, ou chocolate Sente uma grande necessidade de consumir açúcar, doces ou chocolate, persistentemente.   • Dificuldade em falar e andar Poderá experimentar dificuldade em andar, em falar, pronunciar palavras, sílabas, ou vogais, em mexer a boca, lábios ou língua. Em algumas pessoas estes sintomas são esporádicos, noutras pessoas são persistentes.   • Excesso de energia Poderá sentir-se demasiado enérgico, como se tivesse que correr ou fazer qualquer coisa para gastar a sua energia. Por vezes poderá não conseguir dormir, pois a sua cabeça parece estar a mil quilómetros à hora. Quantas mais tarefas e interesses tiver, mais quererá ter.   • Sensação de que está a cair Poderá experimentar breves episódios em que parecerá que está a cair, mesmo estando em chão firme. A sensação é quase como se estivesse prestes a desmaiar.   • Frio Poderá sentir-se usualmente frio, sem conseguir aquecer, faça o que fizer. Esta sensação poderá ir e vir, ou ser acompanhada de episódios de constipação.   • Palpitações Poderá sentir que o seu coração está acelerado ou demasiado lento, provocando dores no peito e tosse. Este sintoma poderá ser acompanhado de falta de ar.   • Contracção muscular Um certo músculo, ou conjunto de músculos, poderá contrair-se involuntariamente.   • Dormência e formigueiro, perda de sensibilidade Poderá sentir uma parte do seu corpo dormente, insensível ao toque, como se estivesse congelada ou anestesiada. Isto pode acontecer em todo o corpo, mas as partes afectadas mais comuns são as mãos, os pés, os braços e as pernas. A dormência pode ser provocada por inúmeros factores, como permanecer muito tempo numa determinada posição, magoar ou pressionar um nervo, pressionar os nervos cervicais, falta de sangue numa área, stress, ansiedade, pânico, medo. Uma vez que existem várias condições médicas que podem provocar dormência, será aconselhável consultar um profissional da saúde.   • Tensão e Dores Musculares Persistentes Poderá sentir que os seus músculos estão sempre contraídos e doridos. • Fortes dores de cabeça Poderá sentir dores na cabeça, nuca e pescoço. Poderá sentir apenas pressão ou até mesmo dor.   • Necessidade frequente de urinar Poderá sentir uma necessidade frequente e persistente de urinar, mesmo que tenha acabado de o fazer.   • Dificuldade em respirar Poderá sentir que a sua respiração é forçada e dolorosa. Aperceber-se à da sua forma de respirar e isto fará com que tenha dificuldade em o fazer.   • Tonturas Poderá sentir súbitas tonturas, acompanhadas da sensação de que ira desmaiar.   • Redução da capacidade auditiva Este sintoma pode assumir várias formas e varia de pessoa para pessoa. Pode traduzir-se em perda de audição, dificuldade em ouvir certos sons ou frequências, grande pressão nos ouvidos, assobio persistente no ouvido. Este sintoma pode afectar apenas um ouvido ou os dois.   • Despersonalização Poderá sentir-se surreal, resultante de um sonho, absorto da realidade. Poderá sentir que não faz parte do mundo, apenas o observa, e poderá questionar a sua sanidade mental.   • Pensamentos, melodias, conceitos persistentes Poderá sentir que determinados pensamentos, melodias e/ou conceitos não lhe saem da cabeça. Não importa o que faz, não consegue deixar de pensar neles.   • Vazio emocional Poderá sentir que não tem emoções, sejam positivas ou negativas. Racionalmente, sabe que se deveria preocupar, mas emocionalmente não sente nada.   • Sabores e cheiros anormais Poderá sentir, esporádica ou persistentemente, cheiros e sabores que não estão relacionados com o ambiente em que está ou com algo que ingeriu. Não têm explicação racional.   • Engasgue Poderá sentir frequentemente que têm algo preso na garganta, que está a engasgar e que não consegue engolir.   • Falta de apetite ou de paladar Poderá sentir falta de apetite, ou que a comida não tem sabor.   • Náuseas É frequente a sensação de dores de estômago, acompanhadas de vontade de vomitar. Existem vários factores que podem causar náuseas, como dor intensa, gravidez, exposição a tóxicos, intoxicação alimentar, traumatismo craniano, apendicite, etc. Como tal, deverá consultar um médico para se certificar se é causada por ansiedade e pânico ou por outra condição médica.   • Ilusões ópticas Poderá experimentar ilusões de óptica, movimentos ou estrelas ao canto do olho que não existem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *