Updated : in Uncategorized

Nada termina jamais…

Nada termina jamais…

Onde quer que alguém plante raízes brotadas do seu eu mais puro ou verdadeiro, ali encontrará um lar.
Voltar não é revisitar algo que falhou.
Penso percorrer as antigas trilhas sem amarguras, porque outros pés agora tem prazer com elas.
O mar é o mesmo de sempre.
As pessoas cujas vidas se tocaram, procuram renovar contato, mesmo quando seguiram em diferentes direções. Mesmo quando suas novas vidas fazem parte de uma realidade partilhada.
Ninguém é dono de ninguém.
Juntos, temos um ao outro, a natureza, o tempo.
É bastante simples.
Nada pode mais ferir.”
(Liv Ullmann)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *