Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos

...

Texto publicado no site do Medico, Neurocientista Deepak Chopra

“Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadoas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente. A alegria e a realização nos mantém saudáveis e prolongam a vida. A recordação de uma situação estressante, que não passa de um fio de pensamento, libera o mesmo fluxo de hormônios destrutivos que o estresse. Quem está deprimido por causa da perda de um emprego projeta tristeza por toda parte no corpo – a produção de neurotransmissores por parte do cérebro reduz-se, o nível de hormônios baixa, o ciclo de sono é interrompido, os receptores neuropeptiídicos na superfície externa das células da pele tornam-se distorcidos, as plaquetas sanguíneas ficam mais viscosas e mais propensas a formar grumos e até suas lágrimas contêm traços químicos diferentes das lagrimas de alegria. Todo este perfil bioquímico será drasticamente alterado quando a pessoa encontra uma nova posição. Isto reforça a grande necessidade de usar nossa consciência para criar os corpos que realmente desejamos. A ansiedade por causa de um exame acaba passando, assim como a depressão por causa de um emprego perdido. O processo de envelhecimento, contudo, tem que ser combatido a cada dia. Shakespeare não estava sendo metafórico quando disse: “Nós somos feitos da mesma matéria dos sonhos.” Você quer saber como esta seu corpo hoje? Lembre-se do que pensou ontem. Quer saber como estará seu corpo amanhã? Olhe seus pensamentos hoje! Ou você abre seu coração, ou algum cardiologista o fará por você”

Deepak Chopra

Facebook Comments

Related Posts

  • 84
    OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM 8 sintomas de pessoas que levam a vida com o que chamamos de “depressão mascarada”, doença que elas tentam esconder ou mesmo que nem sabem que têm. Embora a sociedade atual demonstre, de modo geral, um maior conhecimento sobre…
    Tags: de, que, a
  • 79
    Detectando Toxinas As autoridades de duas importantes cidades estão usando o peixe-sol para verificar a presença de toxinas em seu suprimento de água, que poderia ser um provável alvo de ataque terrorista. Uma pequena quantidade de peixe-sol é mantida num tanque em algumas estações de tratamento, pois é mantida num…
    Tags: que, a, de, da
  • 70
    No Lava-Rápido Jamais vou esquecer da primeira vez que usei um lava-rápido automático. Aproximei-me dele com o mesmo temor que sinto quando vou ao dentista, coloquei o dinheiro na máquina e verifiquei as janelas, nervosamente, por duas vezes, posicionei o carro, e esperei. Forças além do meu controle começaram a…
    Tags: de, que, a
  • 68
    Seja a Luz! Um amigo meu tem a oportunidade de assistir a final do maior campeonato de futebol todos os anos, como jornalista. Seu trabalho é entrevistar os atletas cristãos, treinadores e dirigentes dos clubes para um programa de rádio evangélica. Há alguns anos, ao iniciar seu trabalho cobrindo essas…
    Tags: a, de
  • 65
    SETE DESAFIOS DAS MIDIAS SOCIAIS PARA OS CRISTÃOS 1) Domínio próprio, para não desperdiçar tempo demais com as mídias sociais; 2) Uma mente pura, para não se deleitar e nem compartilhar notícias, vídeos, postagens, e fotos que promovem a impureza; 3) Sensatez, para não dar crédito a tudo que lê…
    Tags: de, que, a

OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM

...

OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM

8 sintomas de pessoas que levam a vida com o que chamamos de “depressão mascarada”, doença que elas tentam esconder ou mesmo que nem sabem que têm.

Embora a sociedade atual demonstre, de modo geral, um maior conhecimento sobre a depressão, o que se vê, muitas vezes, é uma compreensão equivocada desta doença e de seus sintomas.
Por tratar-se de uma doença marcada por um estigma, nem sempre conseguimos identificar familiares ou pessoas próximas que estejam lutando contra a depressão. Pior ainda: devido às concepções equivocadas sobre os diferentes modos de manifestação da doença, e o tipo de ajuda a ser buscado, muitos indivíduos que sofrem de depressão não recebem o devido diagnóstico.

O resultado disso é que muitos indivíduos convivem com uma depressão mascarada – ou seja, invisível para as pessoas que os cercam, ou mesmo para eles próprios. Além disso, nos casos em que não recebeu o diagnóstico adequado, o indivíduo tenderá a lidar com seus problemas de modo a esconder a depressão, e terá dificuldades para reconhecer os verdadeiros sintomas da doença.

É preciso deixar de lado a concepção de que o sofrimento é sempre visível. Deste modo, será possível compreender melhor e oferecer ajuda aos que lutam contra as doenças não manifestas. Listamos, a seguir, alguns sinais de uma pessoa que talvez sofra de uma depressão mascarada.

1. Ela talvez “não pareça deprimida”

Influenciados por estereótipos culturais e veiculados pela mídia, muitos têm uma imagem equivocada do comportamento e da aparência do indivíduo com depressão. Na visão do senso comum, esta pessoa raramente sai de seu quarto, veste-se com desleixo, e parece estar sempre triste. Porém, nem todos que sofrem de depressão têm o mesmo comportamento.

Claro que os indivíduos são diferentes, assim como variam os sintomas e a capacidade de cada um de lidar com a doença. Muitos conseguem exibir um “verniz” de boa saúde mental – como mecanismo de autoproteção –, mas o fato de serem capazes de fazê-lo não significa que eles sofram menos. Do mesmo modo, as pessoas incapazes de mostrar tal “verniz” não são mais “fracas” que as demais.

2. Ela pode parecer exausta, ou queixar-se de um cansaço constante

Um efeito colateral da depressão é um cansaço permanente. Embora este sintoma não se manifeste em todos que sofrem de depressão, ele é muito comum. Em geral, é um dos piores efeitos colaterais desta doença.

Além disso, se o indivíduo não recebeu o diagnóstico de depressão, a causa deste cansaço pode ser uma incógnita. Mesmo que ele durma um número suficiente de horas à noite, talvez acorde na manhã seguinte como se tivesse dormido pouco. Pior que isso: talvez ele culpe a si mesmo, atribuindo isso à preguiça ou então que algum defeito de sua personalidade esteja causando esta sensação de fraqueza e falta de energia.

Este sintoma também acaba se tornando uma dificuldade para quem recebeu o diagnóstico de depressão, mas tenta ocultá-la dos amigos e colegas. Isso porque esta sensação de cansaço afeta o seu ritmo de trabalho e também os seus relacionamentos pessoais.

3. Ela poderá ficar mais irritadiça

O comportamento de uma pessoa com depressão pode ser interpretado equivocadamente, como melancolia. É muito comum que a pessoa deprimida fique mais irritadiça, e que isso não seja interpretado como um sintoma da doença. Isso é compreensível, já que a depressão não é problema de saúde “visível”, e tampouco pode ser medido com precisão – o que dificulta o combate à doença.

Além disso, o esforço constante exigido do indivíduo para lidar, ao mesmo tempo, com as inúmeras demandas de sua vida cotidiana, e com a depressão, suga suas energias, deixando-o impaciente e incapaz de ter a compreensão exata sobre as coisas.

Se o seu amigo ou conhecido recebe o diagnóstico de depressão, e compartilha esta informação com você, uma dificuldade poderá surgir, caso o comportamento desta pessoa não corresponda à imagem (equivocada) que se tem de uma pessoa com depressão: um indivíduo tímido e calado. A tendência a ter “pavio curto” e a irritar-se com facilidade é, na verdade, um efeito colateral da depressão.

4. Para ela, pode ser difícil corresponder ao afeto e preocupação das pessoas ao redor

A ideia equivocada mais comum em relação à depressão, sugerida nos parágrafos acima, é que ela causa um sentimento de tristeza.

Pelo contrário: muitas vezes, o indivíduo com depressão não sente nada; ou então vive as emoções de modo limitado ou passageiro. Depende de cada caso, mas muitos relatam um sentimento parecido com o “torpor”, e o mais próximo que chegam de uma emoção é uma espécie de tristeza, ou irritação.

Deste modo, o indivíduo terá dificuldade para corresponder de modo adequado a gestos ou palavras afetuosas. Ou então nem se dará ao trabalho de manifestar qualquer reação.

Talvez demonstre uma irritação nada racional: é possível que o cérebro dele tenha dificuldades para processar e corresponder ao seu afeto e carinho.

5. Talvez recuse a participar de atividades de que gostava muito

Uma atípica falta de interesse em participar de atividades – e durante um longo período – pode ser um sinal de depressão. Conforme mencionado acima, esta doença drena a energia do indivíduo tanto no plano físico quanto no mental – o que afeta sua capacidade de sentir prazer com as atividades cotidianas.

Um indivíduo com depressão talvez não se sinta mais atraído por atividades que adorava no passado, pois esta doença acaba dificultando o desfrute de tais atividades, que não satisfazem mais o indivíduo. Se não há nenhum outro sinal visível que possa explicar o interesse cada vez menor do indivíduo por estas atividades, este talvez seja um sintoma de depressão clínica.

6. Talvez passe a ter hábitos alimentares incomuns

O indivíduo deprimido desenvolve hábitos alimentares incomuns por duas razões: como um modo de lidar com a doença, ou como um efeito colateral da ausência do cuidado consigo mesmo. Comer pouco ou em demasia é um sinal comum de depressão. A ingestão excessiva de alimentos é vista como vergonhosa, e neste caso a comida talvez seja a principal fonte de prazer da pessoa com depressão, o que a faz comer além do necessário.

Quando o indivíduo depressivo come pouco, em geral é porque a doença está afetando seu apetite, transformando o ato de comer em algo desagradável. Isso também pode ser uma necessidade subconsciente de controlar algo, já que ele não é capaz de controlar sua depressão. Se a pessoa não recebeu o devido diagnóstico, ou se omitiu diante das pessoas o fato de estar deprimida, elas poderão considerar que os hábitos alimentares “errados” se devem a um defeito de personalidade, e tal “julgamento” fará com que o indivíduo deprimido se sinta ainda pior.

7. Os outros talvez passem a exigir mais de você

Naturalmente, as funções vitais de um indivíduo com depressão não podem ser as mesmas de alguém com boa saúde mental. Haverá coisas que ele não será mais capaz de fazer com a mesma frequência, ou abandonará de vez. Perturbá-lo ou fazer com que ele se envergonhe por causa disso só tende a causar mágoas, em vez de ajudar. Se a depressão é um assunto que ele tem tido dificuldade de abordar, será igualmente difícil para ele lidar com alguém que fique irritado diante de sua incapacidade de agir do mesmo modo que uma pessoa mentalmente sadia.

Por isso, convém sempre ser compreensivo com as pessoas, seja de seu círculo profissional ou do pessoal. Não há como saber se um indivíduo está simplesmente “desacelerando”, ou se está enfrentando um verdadeiro problema de saúde.

8. Ela poderá ter dias ruins, e dias “melhores”

Trata-se de uma doença com altos e baixos. Se o indivíduo sofre de uma depressão mascarada, ou não diagnosticada, pode parecer que suas flutuações de humor são aleatórias, dependendo da regularidade de sua depressão. Para você (e mesmo para ele, no caso de ele não ter recebido um diagnóstico), talvez não haja uma motivação para as alterações de humor, mas esta é simplesmente a maneira como a depressão se manifesta em algumas pessoas.

Se você sabe que o indivíduo sofre de depressão, poderá ter a falsa impressão de que ele, tendo passado por uma sequência de dias “bons”, está definitivamente curado. O fato de ele ter passado um dia melhor do que na véspera pode ser excelente, mas convém que você sempre lhe peça para que ele deixe claro o que consegue ou não fazer, e em que momentos.

Concluir que o indivíduo que sofria de depressão está plenamente recuperado, ou forçá-lo a retomar rapidamente a rotina normal poderá sobrecarregá-lo, e fazer com que ele se “retraia” novamente. Ofereça apoio ao amigo ou parente com depressão, mas deixe que ele tome as decisões necessárias.

Por Jane Scearce

Facebook Comments

Related Posts

  • 84
    Texto publicado no site do Medico, Neurocientista Deepak Chopra "Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadoas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao…
    Tags: de, a, que
  • 79
    No Lava-Rápido Jamais vou esquecer da primeira vez que usei um lava-rápido automático. Aproximei-me dele com o mesmo temor que sinto quando vou ao dentista, coloquei o dinheiro na máquina e verifiquei as janelas, nervosamente, por duas vezes, posicionei o carro, e esperei. Forças além do meu controle começaram a…
    Tags: de, que, a
  • 78
    Detectando Toxinas As autoridades de duas importantes cidades estão usando o peixe-sol para verificar a presença de toxinas em seu suprimento de água, que poderia ser um provável alvo de ataque terrorista. Uma pequena quantidade de peixe-sol é mantida num tanque em algumas estações de tratamento, pois é mantida num…
    Tags: que, a, de
  • 77
    SETE DESAFIOS DAS MIDIAS SOCIAIS PARA OS CRISTÃOS 1) Domínio próprio, para não desperdiçar tempo demais com as mídias sociais; 2) Uma mente pura, para não se deleitar e nem compartilhar notícias, vídeos, postagens, e fotos que promovem a impureza; 3) Sensatez, para não dar crédito a tudo que lê…
    Tags: de, que, a
  • 73
    Distraído A universidade onde leciono como professor adjunto fornece aparelhos eletrônicos portáteis aos alunos. Embora estes possam ser ferramentas muito úteis para os estudantes, descobri um aspecto em que podem prejudicar o aprendizado. Eles podem se tornar uma distração durante a aula. Como os alunos fazem anotações em seus computadores,…
    Tags: que, a, de

SETE DESAFIOS DAS MIDIAS SOCIAIS PARA OS CRISTÃOS

...

SETE DESAFIOS DAS MIDIAS SOCIAIS PARA OS CRISTÃOS

1) Domínio próprio, para não desperdiçar tempo demais com as mídias sociais;

2) Uma mente pura, para não se deleitar e nem compartilhar notícias, vídeos, postagens, e fotos que promovem a impureza;

3) Sensatez, para não dar crédito a tudo que lê e vê – há muita desinformação e notícias falsas propositadamente plantados nestas redes de relacionamentos;

4) Sobriedade, para não desnudar sua vida e de sua família em público, trazendo online para dentro de sua casa e de sua intimidade pessoas que você não conhece;

5) Paciência para lidar com comentários, opiniões e criticas de pessoas que não têm educação, bom senso, mancômetro ou qualquer condição de manter um diálogo ou participar de um debate de forma inteligente e cortês.

6) Sabedoria, para não se precipitar em responder e reagir à provocações. Não há fim pacífico para brigas compradas com insensatos e contenciosos.

7) Humildade para entender que apesar do livre acesso à internet permitir que todos escrevam textos e comentem o que quiserem, que isto não faz de você um teólogo, um bom escritor ou um sábio em seus pronunciamentos.
Augustus Nicodemus Lopes

Facebook Comments

Related Posts

  • 77
    OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM 8 sintomas de pessoas que levam a vida com o que chamamos de “depressão mascarada”, doença que elas tentam esconder ou mesmo que nem sabem que têm. Embora a sociedade atual demonstre, de modo geral, um maior conhecimento sobre…
    Tags: de, que, a
  • 65
    Texto publicado no site do Medico, Neurocientista Deepak Chopra "Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadoas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao…
    Tags: de, a, que
  • 53
    Detectando Toxinas As autoridades de duas importantes cidades estão usando o peixe-sol para verificar a presença de toxinas em seu suprimento de água, que poderia ser um provável alvo de ataque terrorista. Uma pequena quantidade de peixe-sol é mantida num tanque em algumas estações de tratamento, pois é mantida num…
    Tags: que, a, de
  • 49
    No Lava-Rápido Jamais vou esquecer da primeira vez que usei um lava-rápido automático. Aproximei-me dele com o mesmo temor que sinto quando vou ao dentista, coloquei o dinheiro na máquina e verifiquei as janelas, nervosamente, por duas vezes, posicionei o carro, e esperei. Forças além do meu controle começaram a…
    Tags: de, que, a
  • 45
    Seja a Luz! Um amigo meu tem a oportunidade de assistir a final do maior campeonato de futebol todos os anos, como jornalista. Seu trabalho é entrevistar os atletas cristãos, treinadores e dirigentes dos clubes para um programa de rádio evangélica. Há alguns anos, ao iniciar seu trabalho cobrindo essas…
    Tags: a, de

No Lava-Rápido

...

No Lava-Rápido

Jamais vou esquecer da primeira vez que usei um lava-rápido automático. Aproximei-me dele com o mesmo temor que sinto quando vou ao dentista, coloquei o dinheiro na máquina e verifiquei as janelas, nervosamente, por duas vezes, posicionei o carro, e esperei. Forças além do meu controle começaram a mover meu carro para frente como se ele estivesse numa esteira rolante. Lá estava eu, enclausurada, quando uma forte rajada de água, sabão e escovas vindo de todos os lados atingiu o meu carro. E se eu ficar presa aqui ou a água entrar? Pensei de modo irracional. De repente os jatos de água pararam. Após uma secagem à ar, meu carro foi empurrado de volta ao mundo exterior, limpo e polido.

Em meio a tudo isto, lembrei-me de alguns momentos tumultuados em minha vida em que eu parecia estar numa esteira rolante, vítima de forças além do meu controle. Hoje, me refiro a elas como: “experiências no lava-rápido”. Lembrei-me de que sempre que passei por águas profundas, o meu Redentor esteve comigo, protegendo-me da maré que subia (Isaías 43:2). Sempre conseguia atravessá-las, e então podia afirmar com alegria e confiança: “Ele é um Deus fiel!”

Você está no meio de uma experiência como esta do lava-rápido? Confie que Deus o levará até o outro lado, e, então, poderá ser um testemunho brilhante do Seu poder sustentador.

QUE MARAVILHOSO É SABER QUE O SENHOR NOS OBSERVA E NOS PROTEGE COM O SEU AMOR VERDADEIRO.

FONTE:

Joanie E. Yoder

Facebook Comments

Related Posts

  • 79
    OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM 8 sintomas de pessoas que levam a vida com o que chamamos de “depressão mascarada”, doença que elas tentam esconder ou mesmo que nem sabem que têm. Embora a sociedade atual demonstre, de modo geral, um maior conhecimento sobre…
    Tags: de, que, a
  • 70
    Texto publicado no site do Medico, Neurocientista Deepak Chopra "Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadoas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao…
    Tags: de, a, que
  • 56
    Detectando Toxinas As autoridades de duas importantes cidades estão usando o peixe-sol para verificar a presença de toxinas em seu suprimento de água, que poderia ser um provável alvo de ataque terrorista. Uma pequena quantidade de peixe-sol é mantida num tanque em algumas estações de tratamento, pois é mantida num…
    Tags: que, a, de
  • 50
    Esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão ..." (Filipenses 3:13). Miguel comentou para João Carlos, seu melhor amigo: "Este ano foi muito difícil para mim. Meus projetos não se realizaram, meu dinheiro foi muito escasso, minha alegria ficou escondida em algum…
    Tags: que, de, no
  • 50
    Distraído A universidade onde leciono como professor adjunto fornece aparelhos eletrônicos portáteis aos alunos. Embora estes possam ser ferramentas muito úteis para os estudantes, descobri um aspecto em que podem prejudicar o aprendizado. Eles podem se tornar uma distração durante a aula. Como os alunos fazem anotações em seus computadores,…
    Tags: que, a, de, do

Detectando Toxinas

...

Detectando Toxinas

As autoridades de duas importantes cidades estão usando o peixe-sol para verificar a presença de toxinas em seu suprimento de água, que poderia ser um provável alvo de ataque terrorista. Uma pequena quantidade de peixe-sol é mantida num tanque em algumas estações de tratamento, pois é mantida num tanque em algumas estacoes de tratamento, pois os peixes são sensíveis aos desequilíbrios químicos em seu ambiente. Quando há alteração na água, os peixes-sol reagem contra ela.

Como estes peixes-sol, Paulo queria que os gálatas tivessem consciência e reagissem contra qualquer perturbação que envenenasse o “verdadeiro evangelho” que estava sendo anunciado. A toxina era definida como o falso princípio de que Deus garante a aceitação das pessoas e as considera justas com base em sua obediência a um conjunto de regras (especialmente a circuncisão e dieta alimentar). Em resumo, a obediência era necessária, independentemente da fé em Jesus. Esta falsa doutrina era uma perturbação que contaminava a verdade e os gálatas foram instruídos a reagir fortemente contra ela. Paulo lhes ensinou que qualquer pessoa que pregasse um evangelho que não se fundamentasse na graça unicamente pela fé em Cristo, deveria ser amaldiçoada (Gálatas 1:8,9).

Estudemos fielmente as Escrituras para que possamos descobrir as toxinas dos falsos ensinamentos e proclamar a verdade da maravilhosa salvação divina através da fé em Jesus.

SENHOR, ENSINA-NOS EM TUA PALAVRA A DISCERNIRMOS O QUE NÃO TE AGRADA. E QUE O TEU ESPÍRITO NOS AJUDE A NÃO CAIR EM ARTIMANHAS DO MAL.

FONTE:

Marvin L. Williams

Facebook Comments

Related Posts

  • 79
    Texto publicado no site do Medico, Neurocientista Deepak Chopra "Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadoas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao…
    Tags: de, a, que, da
  • 78
    OITO ATITUDES TÍPICAS DE PESSOAS QUE TÊM DEPRESSÃO, MAS NÃO DEMONSTRAM 8 sintomas de pessoas que levam a vida com o que chamamos de “depressão mascarada”, doença que elas tentam esconder ou mesmo que nem sabem que têm. Embora a sociedade atual demonstre, de modo geral, um maior conhecimento sobre…
    Tags: de, que, a
  • 57
    Distraído A universidade onde leciono como professor adjunto fornece aparelhos eletrônicos portáteis aos alunos. Embora estes possam ser ferramentas muito úteis para os estudantes, descobri um aspecto em que podem prejudicar o aprendizado. Eles podem se tornar uma distração durante a aula. Como os alunos fazem anotações em seus computadores,…
    Tags: que, a, de, as, da
  • 56
    No Lava-Rápido Jamais vou esquecer da primeira vez que usei um lava-rápido automático. Aproximei-me dele com o mesmo temor que sinto quando vou ao dentista, coloquei o dinheiro na máquina e verifiquei as janelas, nervosamente, por duas vezes, posicionei o carro, e esperei. Forças além do meu controle começaram a…
    Tags: de, que, a
  • 53
    SETE DESAFIOS DAS MIDIAS SOCIAIS PARA OS CRISTÃOS 1) Domínio próprio, para não desperdiçar tempo demais com as mídias sociais; 2) Uma mente pura, para não se deleitar e nem compartilhar notícias, vídeos, postagens, e fotos que promovem a impureza; 3) Sensatez, para não dar crédito a tudo que lê…
    Tags: de, que, a
Page 1 of 204
1 2 3 204