Você é uma maravilha

Você é uma maravilha

Pablo Casals foi um famoso violoncelista, regente e compositor espanhol, que morreu no ano de 1973.

Certa vez, ele escreveu a respeito do momento único do Universo, um momento que jamais vai se repetir.

O momento que estamos com nosso filho.

E o que ensinamos ao nosso filho? – indaga o compositor.

Ensinamos coisas que lhe valerão para a vida, para o mundo das formas em que nos agitamos.

Ensinamos que dois e dois são quatro. Ensinamos que a capital da França é Paris; que a Espanha fica no continente europeu.

Ensinamos sobre relevo, para que ele saiba a diferença entre um planalto, planície, morro, uma montanha.

E onde fica a Cordilheira dos Andes, os Balcãs, o Oceano Atlântico.

Ensinamos que o Sol é uma estrela de quinta grandeza, que a Terra se move ao redor dele, num concerto harmonioso.

Que o Sol viaja pelo espaço, levando consigo a sinfonia dos mundos que o rodeiam. Que a Lua dos enamorados é um satélite da Terra.

Sim, ensinamos muitas coisas.

São coisas importantes. Nosso filho crescerá, se tornará profissional, regerá sua própria vida.

Movimentar-se-á pelas vias do mundo, produzindo, semeando, interferindo em outras vidas com a sua maneira de agir, de ser.

Tudo, graças ao que lhe ensinamos.

Mas, naquele momento único, mágico, em que estivemos com ele, nós lhe dissemos que ele é uma maravilha?

Que não existe sobre a face da Terra nenhum ser igual a ele?

Nós lhe informamos sobre as maravilhas do Mundo Antigo e Moderno e o fizemos se encantar com elas.

Mas, dissemos como ele é especial?

Alguma vez lhe dissemos: Você sabe que é uma pessoa única? Desde o começo do Mundo, nunca houve outra criança como você.

Suas pernas, seus braços, seus dedos, a maneira como você se movimenta, as coisas que diz, os gestos que faz, tudo isso é único, é só seu.

Você pode se tornar um Shakespeare, um Michelangelo, um Beethoven.

Você é capaz de fazer qualquer coisa. E, quando crescer, vai poder ter um filho que será como você, uma maravilha. Sabe?

Isso, com certeza, tornará nosso filho capaz de enfrentar muitos desafios.

Esta mensagem o acompanhará aonde quer que vá. Quando o mundo tentar lhe dizer que ele é um fracasso, ele recordará do nosso recado.

Quando o desapontamento por um revés tentar colocar em seus ombros o manto da tristeza, ele lembrará da nossa mensagem.

Quando o namoro acabar, quando a nota alcançada no concurso não for a esperada, quando o dia se apresentar cinzento, ele recordará…

E, recordando, erguerá a cabeça, ajustará os ombros, e dirá a si mesmo: Posso não ter vencido o concurso, mas eu tentei.

Não consegui o emprego almejado, mas realizo muito bem o meu trabalho.

Não ganho tanto quanto eu desejara, mas tenho certeza de que sou muito bom naquilo que faço.

Eu sou uma maravilha, sou um filho de Deus, especial.

Ninguém, no Mundo, é igual a mim.

E continuará em frente, avante, para o alto.

Cristo e eu

Cristo e Eu
Eu, peregrino. Ele o caminho.

Eu, a pergunta. Ele a resposta.

Eu, a sede. Ele a fonte.

Eu, as trevas. Ele a luz.

Eu, o inverno. Ele o sol.

Eu, doente. Ele o milagre.

Meu passado e meu presente:

Meu futuro: todo dele.

Eu, no tempo…

E CRISTO a Eternidade